SES implementará Programa de Controle ao Tabagismo em mais municípios sergipanos

postado em: Destaque 2, Notícias | 0

 

 Preocupada com a saúde e o bem-estar da população, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) pretende em 2018 implantar na Atenção Básica de mais municípios sergipanos, o Programa Estadual de Controle ao Tabagismo para que mais pessoas que desejam parar de fumar possam ter acesso gratuito ao tratamento. Atualmente, dos 75 municípios, 51 ofertam o programa.

“Uma das nossas metas para o próximo ano é ampliar a cobertura do programa em Sergipe para que mais pessoas possam aderir ao tratamento. Para isso, estamos fazendo um planejamento e o implantaremos em mais Unidades de Saúde da Família dos municípios que demonstrarem interesse. O ideal é termos a ação nos 75 municípios sergipanos”, conta Lívia Angélica da Silva, coordenadora do programa. O Estado faz a capacitação dos profissionais da saúde que atuarão na atividade e distribui insumos e medicamentos, oriundos do Ministério da Saúde (MS), para os territórios que ofertam o serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Ela destaca ainda a qualidade do programa e a importância dele para a erradicação do tabagismo. “Os acolhidos recebem assistência de uma equipe multidisciplinar, que conta com médico, psicólogo, nutricionista, enfermeiro, entre outros, e ficam em tratamento durante um ano. A procura na Atenção Básica tem crescido cada vez mais e a gente vê que muitos fumantes estão realmente querendo deixar o vício. Por isso, a importância da ampliação do programa para mais municípios sergipanos”, afirma.

 Capital com menos fumantes

Embora a pesquisa feita em 2016 pela Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) tenha apontado que Aracaju é a terceira capital do país com menor número de fumantes, a sociedade ainda precisa se conscientizar mais sobre os perigos do tabagismo.

“O Estado e os municípios têm contribuído efetivamente para a erradicação da problemática em Sergipe, seja através do programa ou de ações e campanhas para a prevenção e combate ao tabagismo, mas as pessoas ainda precisam se conscientizar mais que o cigarro é perigoso e pode trazer doenças e até levar à morte”, frisa Lívia.

 Palestra

E nesta quinta-feira, 9, a coordenadora do Programa Estadual de Controle ao Tabagismo da SES, atendendo ao convite da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), proferiu uma palestra para os trabalhadores do aeroporto Santa Maria, em Aracaju, onde foi abordada a política de controle de tabagismo do Estado, que tem a ótica da promoção à saúde, entre outros temas. “Este tipo de ação é sempre importante porque precisamos disseminar cada vez mais as informações e falar sobre a prevenção e combate ao tabagismo para toda a população”, declara Lívia.