SES denuncia: golpistas estão usando nome da Vigilância Sanitária para extorquir empresários

postado em: Notícias, Slide | 0

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) alerta a sociedade sergipana para um golpe que vem sendo praticado contra donos de estabelecimentos comerciais, por indivíduos que utilizam os nomes da Vigilância Sanitária estadual e do seu coordenador, Ávio Britto. Por telefone e utilizando um número do Estado da Bahia, eles anunciam aos empresários a realização de uma megaoperação de fiscalização, inclusive com a presença da Polícia Militar, e sugerem o pagamento de R$ 500 para deixar aquele estabelecimento fora da operação e indicam um número de conta bancária para o depósito.

O golpe foi descoberto na manhã desta terça-feira, 25, quando um comerciante ligou para a Vigilância Sanitária estadual para denunciar a tentativa de extorsão. “Recebi o telefonema de um empresário que estranhou a cobrança da propina, por conhecer nossa rotina de trabalho e a conduta ética e profissional dos nossos fiscais”, informou Ávio Britto, salientando a Vigilância Sanitária não faz comunicados prévios sobre as operações de fiscalização a serem realizadas e muito menos a prática da extorsão.

O coordenador da Vigilância Sanitária prestou Boletim de Ocorrência (BO) na polícia na manhã desta terça-feira e pede aos empresários que forem vítimas do golpe que denunciem ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), no número 190 ou através do Disque Denúncia da Polícia Civil, 181.