Semana Santana: Maternidade Nossa Senhora de Lourdes 128 atendimentos realizados

postado em: Destaque 3, Notícias | 27

Por Juliana Costa

DCIM103GOPRO

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) realizou 128 atendimentos durante o feriado prolongado da Semana Santana (de 24 a 27 de março). Dos 128 atendimentos registrados na admissão da unidade, foram 58 gestantes atendidas e 70 gestantes avaliadas, transferidas ou liberadas para o pré-natal. No mesmo período foram 27 partos normais, 23 partos cesarianos e três curetagens.

“Fomos muito bem atendidas aqui na Lourdinha. Assim que chegou, minha filha teve um parto normal. Foi uma menina pesando 3.828 gramas, com 51 cm. Graças a Deus e a agilidade da maternidade, tudo ocorreu bem”, afirmou Marleide Francisca da Silva, mãe da paciente Rafaela Maria da Silva Santos, 30 anos, que estava grávida de 41 semanas.

“A unidade permanece de portas abertas, priorizando o sistema de triagem dos casos recebidos. Através do sistema, concedemos às gestantes de alto risco os internamentos prioritários. Dessa forma, qualificamos a assistência, atribuindo agilidade aos procedimentos realizados através do Sistema Único de Saúde (SUS)”, garantiu o superintendente da MNSL, Luís Eduardo Prado Correia.

A MNSL atende gestantes de alto risco portadoras de patologias, como hipertensão, diabetes, cardiopatia e trabalho de parto prematuro, que necessitam de atendimento especializado.

MNSL corredores - Foto RICARDO PINHO (4)Na admissão existem 7 leitos para observação, 33 leitos para tratamento clínico de gestantes na ala rosa, 33 leitos para alojamento conjunto (mãe e bebê), 16 cirúrgicos (entre pré parto, sala de recuperação e salas cirúrgicas).

A unidade, que é gerenciada pela Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), também se destaca no atendimento ao cidadão vítima de violência sexual. Sobre casos dessa natureza, duas pacientes foram atendidas: uma proveniente do município de Aracaju, 2 anos, e outra, do município da Barra dos Coqueiros, 14 anos, todas do sexo feminino. Foi disponibilizado acompanhamento individualizado e acolhimento feito por uma equipe multidisciplinar.