Saúde fortalece enfrentamento contra o HIV no Dia Mundial de Luta Contra a Aids

postado em: Notícias | 0

Por Morgana Barbosa

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), através do Programa Estadual IST/Aids, intensifica ao longo de toda a semana ações voltadas à conscientização e prevenção contra o HIV. A programação ocorre em alusão ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado anualmente no dia 01 de dezembro.

 

Em Aracaju, a data foi marcada pela atuação da Unidade Móvel Fique Sabendo que esteve no Calçadão da rua João Pessoa (Centro da Cidade) para disponibilizar testes rápidos gratuitamente à população. Além da identificação do HIV, também são possibilitadas a detecção da Sífilis e Hepatites B e C.

 

O médico Almir Santana, gerente do Programa Estadual IST/ Aids, da SES, destaca que já foram contabilizadas 5.190 pessoas vivendo com o HIV em Sergipe. Os dados são o somatório dos casos registrados desde a epidemia ocorrida em 1987. Além disso, mais de 1000 pessoas vieram a óbito por cousa da Aids.

 

“A faixa etária com número de casos mais expressivo é de 20 a 39 anos, com um total de 3.264 registros até o momento”, contabilizou o médico.

 

Como estratégia para fortalecer o combate ao vírus, a campanha desenvolvida este ano destaca a Prevenção Combinada. Essa metodologia orienta medidas de Tratamento Como Prevenção, Profilaxia Pós-exposição (PEP) e Profilaxia Pré-exposição (PrEP).

 

“Essa metodologia envolve mecanismos de identificação da presença, ou não, do vírus no indivíduo e a utilização de medicamentos antirretrovirais, como medida de controle. Além disso  damos destaque à outras mecanismos de prevenção inclusive contra a Sífilis, que facilita ainda mais a transmissão do HIV ”, enfatizou o médico.

 

Pela primeira vez, Edgar Júnior, 43 anos, está realizando esses exames. “Essa é uma oportunidade muito interessante porque muita gente, como eu, não tem tempo de se deslocar até uma unidade de saúde. Aproveitei e vim junto com minha esposa. A gente nunca sabe se está realmente seguro em relação a essas doenças. Não custa nada, é muito rápido e ainda esclarecemos dúvidas”, disse Edgar.

 

Joana Oliveira Pereira, 66, já fez o teste durante três outras oportunidades em que a unidade móvel esteve realizando ações no Centro da cidade. Na última vez, ela constatou que estava com Sífilis e recebeu as orientações necessárias para iniciar o tratamento. “Fiz o tratamento e hoje estou aqui mais uma vez para fazer novos testes. É simples e rápido”, revelou.

 

“Parte da população ainda banaliza o HIV, o que leva especialmente os jovens a manter relações desprotegidas (sem o uso da camisinha)”, contou o médico Almir Santana. “Por isso, vale lembrar que um dos métodos mais eficientes para evitar Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) é a utilização de preservativos, seja o masculino ou o feminino”, complementa.

 

Nesse processo de conscientização muitos parceiros se unem para chamar a atenção da sociedade. Esse é o caso de Marcelo Menezes, da Articulação Aids do Estado de Sergipe,  que marcou presença no calçadão da João Pessoa durante esta manhã.

 

“Essa é uma luta coletiva. Não cabe apenas ao poder público, mas também a sociedade civil, as entidades estudantis, ONGs e outras”, avaliou.

 

Programação

 

O Programa Estadual IST/Aids, da SES, desenvolve ações contínuas durante todo o ano. Esta semana, em ocasião do dia Mundial de Combate a Aids, a Unidade Móvel Fique Sabendo contempla o público em diversos pontos da capital.

 

Ontem, 30 de novembro, os testes rápidos foram disponibilizados no calçadão do bairro 13 de Julho, onde foram realizados 78 testes, para cada tipo de vírus (HIV,Sífilis, Hepatite B e C). Foram contabilizados 2 casos reagentes para sífilis e nenhum para os demais vírus.

 

Já nesse 01 de dezembro, a Unidade Móvel disponibilizou os testes no Calçadão da João Pessoa, no Centro da capital sergipana. No local além de disponibilizar senhas para realização de 200 testes (para detecção de cada um dos 4 vírus), também foram distribuídos preservativos, material educativo, além de serem concedidas orientações.

 

Amanhã, 02 de dezembro, os testes rápidos serão realizados na unidade SESC Centro, contemplando os trabalhadores do comércio. Durante o sábado será a vez do Mercado Central receber as ações.

 

Acesso

 

Para ter acesso aos antirretrovirais que integram a estratégia de prevenção combinada, o público deve se dirigir ao Cemar Siqueira Campos, UPA Augusto Franco, Nestor Piva, e aos Hospitais Regionais de Lagarto e Itabaiana.

 

“Nesse locais as pessoas terão a possibilidade de se beneficiarem das medidas referente a Profilaxia Pós-exposição sexual (PEP) “, finalizou Almir Santana.