População ainda passa trotes ao Samu: na última semana foram 1.151 ligações falsas

postado em: Destaque 2, Notícias | 33

Por Luiza Sampaio 

SAMU Sergipe - Fotos Ricardo Pinho (30)O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe), responsável pelo atendimento pré-hospitalar no Estado, recebeu, entre os dias 12 e 18 de setembro, um total de 1065 solicitações de envio de ambulância e prestou 56 orientações médicas por telefone. Para atender as ocorrências, foram utilizadas 33 motolâncias, 180 Unidades de Suporte Avançado (USA) e 770 Unidades de Suporte Básico (USB).

 

O balanço da última semana mostra, ainda, o registro de 1.151 trotes no período. “Infelizmente, a prática criminosa insiste em ser realizada pela população. Temos intensificado o trabalho de educação e orientação, especialmente através do contato com os jovens, inclusive nas redes sociais, mas as chamas falsas ainda ocorrem. Por isso, insistimos no comprometimento da sociedade para que a qualidade do serviço não seja afetada”, ressalta a superintendente do Samu, Maria Lúcia Santos.

 

Nos atendimentos por causas externas, foram registrados 69 pacientes vítimas de queda de moto, 49 de colisões entre carro e moto, 38 pessoas que sofreram quedas, a mesma quantidade com ferimentos por agressão física e 27 com ferimentos por arma de fogo.

 

“O balanço ainda mostra nove vítimas de colisão entre motos, oito com ferimentos por arma branca, oito pessoas que foram atropelas e sete que sofreram quedas de bicicleta”, detalha a gestora.

 

SRIHA - foto R_Pinho (9)Sriha

 

Foram realizadas 309 remoções totais e 189 assistenciais pop Serviço de Remoção Inter-Hospitalar Assistida (Sriha). Entre as totais, 127 foram de logística, 107 para realização de exames, 60 transferências, quatro gestantes de baixo risco e sete avaliações de especialista.