Novas doulas voluntárias participam de acolhimento na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes

postado em: Destaque 2, Notícias | 35

Por Júnior Matos

REUNIÃO DOULAS (1)Na tarde desta quinta-feira,31, as 35 mulheres do projeto “Doulas – Amigas do Parto” participaram do acolhimento no auditório da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL). A ação organizada pela superintendência da unidade hospitalar através do Núcleo de Educação Permanente (NEP) e setor de Psicologia busca incentivar o trabalho voluntário baseado no suporte afetivo, físico e emocional e o protagonismo da mãe durante o parto.

“Neste primeiro momento, realizamos dinâmicas de grupo além de aulas teóricas sobre como ocorre o trabalho de uma doula durante o auxílio no momento do parto, com o apoio físico e emocional. Abordamos, também, o trabalho de acolhimento pós-parto, levando informações sobre o bebê, fazendo a ponte entre família e puérpera, e a realização trabalho educativo da doula em relação ao aleitamento materno”, destaca a psicóloga e coordenadora do Doulas, Sílvia Anjos.

O projeto tem como principal meta a Política de Humanização do Parto e Nascimento implantada na MNSL. “Desde o acolhimento, que marca o início do curso, explicamos para as mulheres que ser Doula é prestar, ainda mais, informações e apoio, funcionando e estimulando a promoção da união entre a equipe de atendimento e a mulher no ambiente hospitalar”, complementa Sílvia Anjos.

Josiane Bezerra conta que o desejo em se tornar uma doula despertou há cinco anos, após o nascimento do primeiro filho. Para a ela, o momento do acolhimento é a realização de um sonho.

“Até mesmo durante o processo seletivo acreditava bastante que conseguiria ser uma doula. Adoro o ambiente de maternidade. Eu estou aqui para servir e ajudar as mamães durante o momento em que elas estiverem na MNSL”, declarou Josiane.

Já para Ana Luiza Fêlix, a expectativa para o curso é positiva. “Já tinha conhecimento dos trabalhos realizados pelas doulas. Agora, posso ver como ocorre de fato. Servir e participar deste momento tão especial, auxiliando outras mães, é lindo! Por isso, estou muito feliz em participar do curso”, afirma.

Histórico

O “Projeto Doulas – Amigas do Parto” foi iniciado em 2010, através de uma seleção e capacitação de voluntárias na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes e tem como objetivo fortalecer as práticas de humanização preconizadas pelo Ministério da Saúde (MS), buscando incentivar o protagonismo da mulher no trabalho de parto e pós-parto.

A palavra Doula vem do latim, significa “Mulher que Serve” e procura recuperar a atuação centrada no acolhimento oferecido pelos familiares em casa.

Vale lembrar que qualquer mulher acima dos 18 anos de idade pode participar do processo seletivo. O Projeto “Doulas – Amigas do Parto” é adequado apenas para a realidade da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, unidade de saúde referência em casos de alta risco.