No fim de semana, Programa Estadual DST/Aids realizou ações de orientação

postado em: Destaque 3, Notícias | 29

Por Luiza Sampaio

dst_aids (3)O Programa Estadual DST/Aids, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizou três importantes ações neste final de semana. Para começar, ainda na quinta-feira, 5, foi promovida uma palestra para jovens do Instituto Luciano Barreto Júnior, destacando a importância dos exames e testes rápidos para descobrir a tratar infecções sexualmente transmissíveis, como Sífilis e HIV.

 

“Fizemos um alerta sobre o uso da camisinha, não somente como maneira de evitar a gravidez, mas como método mais seguro para a prevenção dessas infecções. Vemos hoje uma repulsa muito grande dos jovens com relação ao preservativo, e somente este trabalho educativo por mudar esta mentalidade”, destacou o gerente do programa, o médico Almir Santana.

 

Na sexta-feira, 6, a equipe da SES participou de um evento que marcou a abertura dos festejos juninos do estado, distribuindo cerca de cinco mil preservativos masculinos, 500 femininos, 400 unidades de gel lubrificante, além, é claro, de material educativo. “A festa tem um grande público jovem, que computa facilmente as mensagens de orientação. Por isso, fazemos questão de estar presente e realizar esse corpo a corpo”, disse.

 

Segundo Almir Santana, foi divulgada a campanha do mês das mães, que alerta sobre a Sífilis e a Sífilis Congênita, esta última transmitida para a criança, ainda durante a gestação. “Conversamos com os comerciantes do local, com o público da festa, inclusive nos camarotes, o no setor médico. Uma ação bastante produtiva”, avaliou.

 

O último evento do final de semana foi em Japaratuba, no sábado, 7, quando a Unidade Móvel “Fique Sabendo” participou de mais uma edição do Governo em Ação. Lá, foram disponibilizados 52 testes rápidos para Sífilis e a mesma quantidade para HIV, sendo que dois foram reagentes para Sífilis.