No fim de semana, Maternidade registrou 143 atendimentos

postado em: Destaque 3, Notícias | 0

Por Juliana Costa | Fotos: Ricardo Pinho

MNSL frente - Foto RICARDO PINHO (8)Entre os dias 04 e 06 de março, a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) realizou 143 atendimentos. No sistema de admissão, 67 pacientes deram entrada e 76 gestantes foram avaliadas, transferidas ou liberadas para o pré-natal.

De acordo com o superintendente da MNSL, Luís Eduardo Prado, foram realizados 53 partos, sendo 24 cesarianos e 29 procedimentos normais. “No Centro Cirúrgico, foram procedidas sete curetagens e uma histerectomia, operação cirúrgica da área ginecológica que consiste na retirada do útero. Realizamos, também, duas cirurgias de gravidez ectópica comum, que ocorre quando o óvulo fertilizado se implanta em algum lugar fora do útero”, detalhou ainda o gestor da MNSL que atende gestantes de alto risco portadoras de patologias, como hipertensão, diabetes, cardiopatia e trabalho de parto prematuro.

A pescadora Marilene dos Santos, proveniente do município de Pacatuba, 32 anos, conta sobre a acolhida recebida na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes.

MNSL recepção - Foto RICARDO PINHO (2)“Dei entrada com perda de líquido e fiquei na ala rosa tentando segurar meu filho para não nascer prematuro demais. Quando completei 36 semanas no dia 01 de março, recebi meu filho de parto normal. Davisson Levi nasceu com um problema na respiração ficou na UTIN e eu recebi alta no dia 03 de março. Hoje retornei pois ele não está mais na UTIN. Essa maternidade é muito boa, uma bênção, tudo bom. Não vejo a hora de levar meu filho para casa. Ele está sendo muito bem assistido aqui”, afirmou Marilene.

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes é gerenciada pela Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) e também se destaca no atendimento ao cidadão vítima de violência sexual. No último dia 04, a unidade recebeu uma vítima com 16 anos, sexo masculino, proveniente do município de Campo do Brito. A assistência foi realizada através de acompanhamento individualizado e acolhimento feito por uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares de enfermagem.