MNSL oferece assistência psiquiátrica a pacientes de urgência

postado em: Notícias | 0

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), referência no atendimento a gestantes de alto risco, oferece assistência psiquiátrica no leito a pacientes em situação de urgência nos serviços de admissão e centro obstétrico, bem como a pacientes em leitos de internamento nas unidades: Azul, Rosa, Verde e Amarela. A média é de 30 casos por mês, sendo que a assistência é diária aumentando o número de atendimento.

 A psiquiatra Ana Salmeron explicou que a atenção se dá a paciente que se encontra internada, mas, em algumas situações especiais, após a alta, nos casos em que o bebê se encontra na UTIN. “Então temos uma assistência no leito para casos leves, moderados e graves. A unidade oferece assistência a gestantes e aos familiares em caso de gravidade da gestante ou do próprio familiar, ou ainda orientações quando há situações que interferem na saúde do paciente”, explicou a psiquiatra, citando como exemplo ausência ou omissão do companheiro durante o período do internamento da paciente.

Muitos são os benefícios que essa assistência oferece, porque além de tratar os casos leves, moderados e graves, permitindo a melhora da saúde mental e, consequentemente, um parto melhor e uma melhor relação da mãe com o bebê e com a família, também pode prevenir a continuidade do quadro psicológico ou psiquiátrico. “Caso isso não ocorra, fornecemos encaminhamentos necessários para os especialistas nas áreas de Pediatria e Psicologia”, informou.

AVANÇOS

“A melhora da paciente está também ligada às relações com os outros pacientes da enfermaria e o corpo clínico”, disse Ana Salmeron. Segundo ela, é importante a presença de um psiquiatra na maternidade de alto risco onde as situações ansiogênicas são constantes. Além disso, são internadas pacientes usuárias de substancias psicoativas, psicóticos, com epilepsia, retardo mental, transtornos neuróticos, vítimas de violência e tantos outros casos de transtorno mental.

Para a médica, a presença da psicóloga pediatra na maternidade agiliza a assistência às gestantes, permitindo evolução mais favorável dos casos.