IST/ Aids: Programa Estadual realiza ações de prevenção contra Sífilis e Hepatites

postado em: Destaque 3, Notícias | 22

Por Herieta Schuster

 

 

O Programa Estadual de IST/ Aids, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), vem realizando ações para fortalecer o combate, o monitoramento e a prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis. Na última semana, os profissionais da saúde dos municípios sergipanos se reuniram na sede da Fundação Estadual de Saúde (Funesa) em um monitoramento presencial para que fossem avaliadas as participações do curso online sobre Hepatites Virais,  ofertado pelo Ministério da Saúde (MS).

 

Foram 73 profissionais de 20 municípios que puderam discutir sobre os vírus causadores de Hepatites e o desenvolvimento do conteúdo sobre as infecções causadas pelos vírus dos tipos B e C. Foi abordado, também, os princípios metodológicos dos testes para o diagnóstico da infecção, os marcadores sorológicos, a realização, leitura e interpretação dos resultados dos testes.

 

Durante o evento houve três palestras. A técnica do Programa Estadual de IST/Aids, responsável por treinar e monitorar os testes rápidos, Joana D’arc Perreira, explanou sobre a importância do aconselhamento e da prática dos testes rápidos. Já a coordenadora Estadual de Doenças Transmissíveis, Mércia Feitosa, relatou sobre a importância da notificação e da logística. Já o gerente do Programa Estadual de IST/Aids, Almir Santana, abordou a importância do diagnóstico precoce e o tratamento.

 

“O Estado percebeu uma necessidade de dar mais segurança aos profissionais nas técnicas do teste rápido, bem como fortalecer a prática do aconselhamento”, relatou a técnica responsável por treinar e monitorar os testes rápidos, Joana D’arc Perreira.

 

No curso online, os profissionais tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais dos tipos de vírus causadores das Hepatites Virais e para os vírus da Hepatite B e Hepatite C, o detalhamento dos marcadores sorológicos das infecções, o princípio metodológico dos testes e os procedimentos para coleta de amostras e realização dos ensaios. Os técnicos também compreenderam a coleta de sangue por punção digital para a realização de testes rápidos e como ler e interpretar testes rápidos para o diagnóstico das Hepatites B e C.

 

Palestra Educativa

 

Já na sexta-feira, 21, Almir Santana, realizou uma palestra educativa no Colégio Estadual Leão Magno Brasil, no conjunto Jardim, em Nossa Senhora do Socorro. O evento foi dirigido aos adolescentes, onde foram abordados os temas ‘Infecções Sexualmente Transmissíveis’ e ‘Gravidez na adolescência’.

 

“Mostramos a importância da prevenção. Conversamos sobre o baixo uso do preservativo pelos jovens que estão iniciando a vida sexual. Muitos acham que da primeira vez não adquirem as IST e também a gravidez. Destacamos que a gravidez muda a vida tanto da jovem grávida com também no namorado (futuro pai da criança). O evento foi muito produtivo, com a participação ativa dos adolescentes, que fizeram muitas perguntas sobre sexualidade, incluindo a pílula do dia seguinte”, relatou Almir Santana.

 

Dia Solidário

 

No sábado, 22, o Programa Estadual de IST/Aids participou do Dia Solidário Evangelista, organizado pela Igreja Batista do Orlando Dantas,  onde disponibilizaram a Unidade Móvel Fique Sabendo, onde foram realizados 64 testes rápidos para HIV, Sífilis, Hepatite B e Hepatite C. O resultado apresentou 01 reagente para HIV, 05 reagentes para Sífilis, nenhum para as Hepatites B e C.