Huse promove curso em Ressuscitação Cardio Pulmonar para profissionais da Área Azul

postado em: Destaque 2, Notícias | 23

Por Katiane Menezes

 

Educação continuada para capacitação de profissionais do Pronto Socorro (PS). Esse foi o pensamento que motivou a superintendência do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse), através da coordenação do PS e parceria do Núcleo de Educação Permanente (NEP), a promover o curso de Ressuscitação Cardio Pulmonar (RCP), trazendo as novas diretrizes 2015 da American Heart Association que busca reciclar e atualizar os profissionais da saúde.

 

O curso foi destinado para os profissionais da Área Azul do PS, já que a coordenação aposta em criar uma sala de estabilização do paciente no local. A ideia é que se consiga ter um atendimento mais rápido e estável para os pacientes que agravam na unidade. De acordo com a enfermeira e gerente do NEP, Milena Leite, o curso atingiu 90% dos servidores da Área Azul que estão muito receptivos.

 

“Antes de se instituir essa estabilização, inicialmente o treinamento será destinado às equipes de enfermagem. Posteriormente, teremos um curso de vias aéreas avançadas e RCP para médicos. A receptividade foi muito boa. Conseguimos capacitar 105 funcionários e já percebemos as mudanças nas atitudes diante um paciente grave na Área Azul, que também é um setor crítico da unidade”, explicou.

 

A Área Azul foi a primeira a ser escolhida por ser a porta de entrada, mas o curso vai atingir todas as áreas do hospital (Verde Clínica, Verde Trauma e Vermelha) com a finalidade de capacitar todos os profissionais. Para o coordenador do PS do Huse, Vinícius Vilela, a intenção é investir ainda mais no profissional

 

“Educação continuada será o nosso foco. Os nossos profissionais serão capacitados mensalmente com uma temática diferente. Até o final do ano, a parceria com o NEP trará um cronograma estabelecido para todo o Huse. Quem tem a ganhar são os profissionais e os usários”, afirmou o coordenador do PS.

 

Aprovação

 

O curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes (UNIT) também foi parceiro na ação. Os participantes aprovaram a iniciativa e já aguardam ansiosos para os próximos treinamentos.

 

“Precisamos estar sempre atualizados dos procedimentos a serem utilizados frente a um paciente que tenha uma parada cardiorrespiratória. Então é muito bom participar desses treinamentos e saber como aplicá-los no dia a dia”, ressaltou a técnica de enfermagem, Débora Vieira.

 

Muito entusiasmado, o técnico de enfermagem Júlio Gusmão agradeceu a oportunidade oferecida.

 

“Enquanto profissional da área de saúde, preciso sempre me atualizar. Esse treinamento vai potencializar o nosso trabalho na Área Azul e fazer com que a equipe trabalhe de uma forma melhor com o paciente”, concluiu.