Huse: dos 826 atendimentos no final de semana, 220 foram de baixa complexidade

postado em: Destaque 3, Notícias | 35

Por Katiane Menezes

O Pronto Socorro do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) recebeu 826 pessoas durante este final de semana (de 18 a 20/03). Desse total, 136 ficaram internados e em observação para tratamento. Referência em alta complexidade, o Huse é o maior hospital do estado e continua superlotado devido os atendimentos de baixa complexidade que chegam na Área Azul. Neste final de semana foram 220 pacientes, com 35 internações a mais.

Dor abdominal, dor de cabeça, inflamação na garganta, dores nas articulações e febre são diagnósticos que deveriam ser tratados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e considerados de baixa complexidade.

Reclamando de dor no estômago e de cabeça, o estudante Juliano Tavares, 26, disse ter escolhido o Huse por causa do atendimento completo.

“Acompanho as notícias e vejo o problema de atendimento em outras unidades de saúde. Vim para o Huse por ser completo em tudo. Já fiz exames e estou sendo medicado. Já me sinto bem melhor”, disse.

Além da Área Azul, outros setores também apresentam grandes demandas, a exemplo da Sala de Sutura e da Ortopedia, locais que recebem centenas de pacientes diariamente. Neste final de semana, por exemplo, foram atendidos 290 pacientes, desse total, 61 ficaram internados e em observação.

Os acidentes motociclísticos já fazem parte das estatísticas e registraram 54 atendimentos. Os acidentes automobilísticos houve uma redução neste final de semana e foram apenas 4 atendimentos. Já as vítimas de arma branca e de fogo, totalizaram 16 atendimentos.

Já no Hospital Pediátrico do Huse foram registrados 189 atendimentos, entre o  Pronto Socorro e Área Azul infantil. Os ambulatórios de fisioterapia, psicologia, retorno, oncologia e radioterapia somaram 67 atendimentos. Os atendimentos com o oftalmo e o otorrino somaram 51 admissões.