Huse: Ambulatório de Retorno atendeu 19 mil usuários no ano passado, garantindo a fluidez dos leitos de internamento

postado em: Destaque 2, Notícias | 0

Por Katiane Menezes

Fotos: Katiane Menezes e Bruno Matos

O Serviço Ambulatorial de Retorno do Pronto Socorro do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) realizou 19 mil atendimentos durante o ano de 2016. Trata-se de um trabalho que proporciona conforto e resolutividade aos pacientes que necessitam de uma referência para reavaliação. No local, os usuários têm o acompanhamento e a continuidade do tratamento.

Para ter acesso, o paciente deve obedecer aos critérios clínicos e também, ser referenciado ao serviço. Antes, eles ficavam no Huse aguardando o dia da cirurgia e, hoje, são avaliados pelo ortopedista e podem aguardar em casa o dia da cirurgia agendada.

“Isso facilita a vida do paciente, que sai do ambiente hospitalar, e do funcionário, que concentra o serviço naqueles que estão internados. Sem dúvida, o serviço contribui bastante para fluidez dos leitos, diminuindo também a lotação da unidade”, explicou a gerente do Ambulatório de Retorno do Huse, Vandressa Nascimento.

O setor oferece diversas especialidades médicas: ortopedia geral, de mão, cirurgia pediátrica, cirurgia plástica, cirurgia geral, clínica médica, urologia, mono traumas, bucomaxilofacial e vascular. Possui uma estrutura completa que inclui consultórios, salas de enfermagem e conta com a ortopedia localizada dentro da unidade, integrando os serviços.

Diante de tantas agendas das especialidades disponíveis no Ambulatório de Retorno, a auxiliar técnica Maria do Carmo Silva agendava a fila de pacientes que se formava na recepção. Para ela, este é mais um trabalho que dá resposta imediata.

“Faço o agendamento desses pacientes que possuem encaminhamento do médico. É um trabalho muito bom porque eles saem daqui com a cirurgia ou a consulta de retorno agendada”, informou.

Foi o que aconteceu com o ajudante de pedreiro Carlos Mota, 26 anos, que fraturou o punho após sofrer um acidente de moto no município de Salgado. Ele foi remarcado para o Ambulatório de Retorno e iniciou seu tratamento. “Não demorei para ser operado. Foi tudo dentro do prazo que os médicos agendaram e, graças a Deus, só estou vindo para que os profissionais avaliem a minha cirurgia e, se necessário, dar algum encaminhamento”, explicou.

O serralheiro Vagner Costa, 43 anos, fraturou a tíbia e já está com o agendamento programado para a cirurgia. “Já está tudo agendado. Foi muito melhor aguardar em casa a ficar aqui no hospital. Tudo está muito bem encaminhado e, com fé em Deus, a cirurgia será um sucesso”, comentou.

A equipe de trabalho do Ambulatório de Retorno do Huse é composta por 12 profissionais entre médicos, enfermeiros, auxiliares, técnicos de enfermagem e recepcionistas. O setor funciona de segunda à sexta-feira, das 7h as 18h.