Hospital Albert Einstein avalia resultados do PlanificaSUS em Sergipe

postado em: Notícias, Slide | 0

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Diretoria de Atenção Integral à Saúde (Dais), recebeu no Centro Administrativo da Saúde (CAS), nesta quinta-feira, 17, representantes do Hospital Israelita Albert Einstein, responsáveis pela coordenação nacional do PlanificaSUS em Sergipe. A finalidade do encontro foi a avaliação dos resultados nestes quatro meses de implantação do projeto em duas regiões de saúde, Itabaiana e Lagarto.

Segundo o diretor da Atenção Integral à Saúde da SES, João Lima, uma das metodologias no acompanhamento e monitoramento dos resultados são as reuniões que acontecem com os gestores municipais, a cada mês, o grupo condutor estadual e a representante do Hospital Albert Einstein no estado de Sergipe.

“É importante registrar que convidamos, também, a gestora do Telessaúde Sergipe, Eneida Ferreira, que tem um projeto de expansão para a questão da regulação. Então hoje apresentamos ao Albert Einstein como o telessaúde opera aqui no estado e que vem avançando bastante, principalmente na tele-educação. Nós fizemos essa apresentação e Márcio gostou muito da proposta e já saiu daqui com algumas sugestões e encaminhamentos apenas de ajustes da proposta. Como cada estado tem a sua particularidade, trouxemos o movimento do tele para qualificar ainda mais os trabalhos”, disse João.

O Telessaúde é um programa nacional que busca melhorar a qualidade dos serviços prestados no Sistema Único da Saúde (SUS). É composto por teleconsultores (enfermeiros, médicos e odontólogos), telerregulador (médico), monitores de campo, gestores, técnicos de informática e assistentes administrativos. Por meio dessa ferramenta de Tecnologia da Informação e Comunicação, os profissionais podem tirar suas dúvidas e terem o apoio técnico e científico na qualificação do cuidado, reduzindo encaminhamentos desnecessários e custos para outros níveis de atenção em saúde.

“Percebemos bons avanços em relação aos municípios em que já estamos fazendo a intervenção, municípios que estão organizando a sua Atenção Primária nas unidades laboratório. O próprio Albert reconheceu os grandes avanços aqui no estado, na metodologia que está sendo aplicada, principalmente na organização da Atenção Primária das Unidades Básicas de Saúde”, comentou o diretor.

Para o coordenador Nacional do PlanificaSUS pelo Hospital Israelita Albert Einstein, Márcio Paresque, o trabalho realizado em Sergipe está superando as expectativas e destacou que, desde o início o estado se mostrou muito empenhado para fazer esse processo dar certo.

“Estamos analisando como tem sido o processo dos workshops, das oficinas tutoriais, da implantação dos processos de melhoria nas unidades e da articulação para a operacionalização da implantação dos ambulatórios da atenção especializada regionalizada nessas duas regiões e o que a gente vem percebendo é que está indo bem, dentro dos parâmetros de qualidade que estabelecemos para uma boa execução do projeto. A equipe daqui é muito criativa e sempre que a gente vem tem algo a acrescentar, coisas que vai deixando o projeto ainda mais rico e com perspectiva de, de fato, alcançar o resultado que se espera no final”, concluiu Márcio.

Fotos: Flávia Pacheco ASCOM SES