Governo retoma Projeto Consulta Oftalmológica nas escolas municipais e estaduais

postado em: Notícias, Slide | 0

A qualidade de vida dos alunos em diferentes aspectos reflete no rendimento escolar e na cidadania. É pensando nisso que o Governo do Estado, através das Secretarias de Estado da Saúde (SES) e da Educação (SEED), realiza conjuntamente ações de promoção e prevenção à saúde dos estudantes das escolas municipais e estaduais de Sergipe, por meio do Programa Saúde na Escola e, para isso, contam com importantes parcerias.

A novidade é a retomada do Projeto Consulta Oftalmológica, executado pelo Hospital Universitário (HU), que tem por objetivo ofertar consulta oftalmológica a fim de diagnosticar algum erro de refração como miopia, astigmatismo, presbiopia e hipermetropia. Tendo a necessidade, sob supervisão médica, os estudantes receberão armações com lentes. No primeiro momento, serão nove municípios contemplados que fazem parte da região de Estância.

Foi nesta quarta-feira, 6, em reunião no auditório do Centro Administrativo da SES, entre a coordenação da Atenção Básica da SES e coordenadores do PSE dos municípios, estado e HU, que o projeto foi reapresentado e todas a dúvidas puderam ser tiradas. A Referência Técnica do PSE, Luciana de Oliveira Boaventura, explica que no primeiro momento serão nove municípios contemplados.

“Estamos reiniciando esse serviço, que é ofertado pelo Hospital Universitário aos educandos do PSE dos municípios. Inicialmente, com Estância e cidades  circunvizinhas, mas todas as regiões serão contempladas. Nesta reunião, mostramos todos os serviços que o projeto oferece e fizemos as pactuações do fluxo de atendimentos necessários”, revelou.

Cristiane Hora é coordenadora do PSE em Itabaianinha e avalia a retomada do projeto. “Fico feliz de integrar um projeto que fará tanta diferença na vida de tantas que crianças que não têm, em sua grande maioria, condições e a orientação para o cuidado com a visão. Sabemos que isso faz toda a diferença na rotina escolar Esta é uma oportunidade de tirarmos todas as nossas dúvidas sobre o projeto.

Para a coordenadora do PSE da Atenção Básica, Joelma Araújo, essa parceria dos municípios com o PSE é muito importante. “Quando se une a saúde com a educação com esses dois olhares levando não somente os projetos, mas capacitando constantemente os profissionais que estão na rotina desses alunos, para que eles atuem cada vez mais preventivamente de forma humanizada. Quem ganha com isso são as crianças”, observou.

Como funciona

Tâmara Oliveira é Referência Técnica do Consultório de oftalmologia do HU. Ela explica o processo. De acordo com ela, o município fará uma triagem oftalmológica com alunos de 7 a 12 anos das escolas municipais e estaduais , que é uma ação da acuidade visual do Programa Saúde na Escola.

“Depois disso, os alunos que apresentarem necessidade e uma avaliação em consultório, serão encaminhados para as consultas oftalmológicas com a realização de todos os exames relacionados à visão, marcados para o HU com o suporte das SES E SEED. Todos os alunos serão atendidos dentro do consultório e quem contém todos os equipamentos necessários. O médico avaliará a necessidade do uso de óculos, havendo, o aluno já sairá com sua armação e lentes”, contextualizou.