Fundação Parreiras Horta e Hemose são certificados como excelentes em análise de amostras de controle

postado em: Destaque 2, Notícias | 13

Por Rosângela Cruz

 

A Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH), através do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), recebeu mais um certificado de excelência do Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ) nas determinações das amostras-controle do ensaio de proficiência. O certificado foi emitido em conformidade com a Avaliação Anual de desempenho do ano de 2015, alcançando a nota máxima de acertos: 100%.

 

O programa tem como objetivo certificar instituições, a exemplo do banco de sangue, através de protocolos de testagem, comprovação e acompanhamento na avaliação da qualidade dos serviços prestados pelo hemocentro. Dentre os serviços que passam por constantes avaliações, estão as analises sorológicas, qualidade dos hemocomponentes dispensados (concentrados de hemácias, concentrados plaquetas e plasma), além do controle interno dos processos de trabalho.  

 

A avaliação consiste na análise de uma amostra aleatória. O PNCQ envia uma sorologia ao Hemose. Essa amostra é examinada pelos vários setores do Hemocentro, onde é emitido o resultado e enviado ao Instituto, com sede no Rio de Janeiro. Na etapa seguinte, o PNCQ avalia a precisão e exatidão dos resultados, além dos cálculos estatísticos, para confirmar os índices de acerto do Hemocentro de Sergipe.

 

O Programa Nacional de Controle da Qualidade também avaliou os profissionais da unidade, que responderam a um questionário. Essa etapa da atividade funciona como uma forma de educação continuada.

 

“O resultado dessa certificação só foi possível ser alcançado em função do comprometimento e da capacidade técnica dos profissionais envolvidos durante a avaliação”, destacou o superintendente do Hemose, o biomédico Claudio Santos.

 

Como parte da educação continuada realizada na unidade, o gestor do Hemocentro informou que, ao longo do ano são desenvolvidas diversas atividades. Dentre elas, o serviço destinado ao acolhimento de universidades para palestras e visita técnica, reuniões do Comitê Transfusional e da Assessoria Técnica, além da produção de trabalhos científicos.

 

“No ano passado nossos profissionais apresentaram doze trabalhos no Hemo 2015, maior evento da América Latina do setor de sangue e hemocomponentes”, concluiu ele.

 

Sistema de qualificação

 

O Programa Nacional de Controle de Qualidade é uma empresa técnico-científica vinculada à Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC) habilitado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e certificado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) NBR ISSO -9001. Os certificados emitidos pelo PNCQ são concedidos para os laboratórios clínicos, bancos de sangue, organizações de diagnóstico in vitro e alimentos.