Cerca de 250 atendimentos foram registrados na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes

postado em: Notícias | 0

Por Júnior Matos

De 12 a 18 de dezembro, a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) realizou 88 atendimentos. Na unidade, que é referência em Sergipe para a assistência às gestantes de alto risco, 120 pacientes foram admitidas e 126 avaliadas, transferidas ou até liberadas para o pré-natal.

“A MNSL atende gestantes portadoras de patologias como Hipertensão, Diabetes, Cardiopatia e trabalho de parto prematuro”, explicou a coordenadora do Pronto Socorro da unidade, Auciliadora Varjão.

No mesmo período também foram contabilizados 89 partos, sendo 46 cesarianas e 43 procedimentos normais, além de serem realizadas 13 curetagens e uma cirurgia em um recém-nascido.

A paciente Márcia Santos foi umas das atendidas durante a semana. Ela conta que após uma semana de tratamento para controlar a diabetes gestacional, deu à luz ao pequeno Luís Guilherme no último domingo,18.

“Meu filho nasceu forte e saudável e é o meu maior presente. Estou muito feliz com ele nos braços”, declarou, agradecendo pelo atendimento que recebeu na unidade.

Violência sexual

A MNSL também se destaca no atendimento à pessoa em situação de violência sexual. Foram registrados três casos na última semana, sendo dois em crianças/adolescentes e um em adulto.

“O Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual funciona 24 horas, de domingo a domingo. No setor, os pacientes fazem o acompanhamento durante seis meses com uma equipe multiprofissional composta por médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares de enfermagem”, destaca o superintendente da Maternidade, Luis Eduardo Correia.