Bancos de Leite Humano reforçam a importância da doação

postado em: Destaque 2, Notícias | 7

 Por Júnior Matos

banco de leite (4)O Banco de Leite Marly Sarney (BLH) é um importante aliado das mães que têm dificuldade em amamentar. A unidade presta assistência ao binômio mãe-bebê, aberto diariamente de segunda à sexta-feira, e conta com um ambulatório de amamentação para mães que estão em aleitamento materno exclusivo. No local, o bebê pode ser acompanhado até os 6 meses.

Segundo a gerente do BLH, Hélia Karla Agapito, a unidade trabalha para manter um estoque de leite humano pasteurizado para suprir as necessidades de recém-nascidos prematuros e de baixo peso que não sugam.

“O leite materno é a principal fonte de nutrientes para os recém-nascidos. Por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que esse seja o único alimento consumido por todos os bebês até os seis meses de vida. Reforçamos a importância da doação como forma de ajudar as mães que não conseguem amamentar seus bebês que estão internados nas UTINs do Estado, atendendo principalmente a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, que é a referência em alto risco”, explica.

Atualmente, o Banco de Leite Humano Marly Sarney tem encontrado dificuldade para manter o estoque e, com isso, atender a demanda. O BLH coletou apenas 64 litros de leite no mês de junho, quando o necessário seria de 120 a 150 litros por mês.

Para doar leite humano é preciso que a mãe procure o banco de leite com o cartão da gestante e/ou os exames de pré-natal.

“Na unidade, ela será avaliada se tem excesso de leite. Caso tenha, será orientada como retirar e conservar. O banco fornecerá o Kit da doadora, fazendo também o cadastro e marcando com a mãe o dia que irá buscar o que ela retirou. A mãe vai ao banco apenas uma vez para ser orientada e as doações subsequentes serão feitas na residência, retirando o leite humano e acondicionando nos frascos que são fornecidos pela unidade”, informa Hélia Karla Agapito.

O Estado conta com três Bancos de Leite Humano (Aracaju, Lagarto e Itabaiana) e um Posto de Coleta que funciona em anexo à Maternidade Santa Izabel, em Aracaju.

“Vale ressaltar que não há perigo de faltar leite para o bebê. Quanto mais a mulher dá de mamar, mais leite ela vai produzir. O ato que estimula a produção de leite humano é a sucção do bebê”, complementa Hélia Karla Agapito.

 Frascos

O Banco de Leite Marly Sarney (BLH) precisa da doação de frascos de vidro com tampa plástica, itens geralmente usados pela indústria na comercialização de café solúvel. O material é utilizado para acondicionar o leite pasteurizado.

Informações através do Disque Amamentação: (79) 3226-6335 e o (79) 3226-6337.