Almeida se reúne com representantes do Sindimed para discutir questões salariais da categoria

postado em: Notícias | 31

Com o objetivo de resolver as disparidades salariais entre as especialidades médicas que atuam no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), o secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima, se reuniu na manhã desta segunda-feira, 26, com representantes do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) e se comprometeu em fazer um levantamento da situação e estudo para que providências possam ser tomadas. Durante a reunião, que contou com a participação do superintendente do Huse, Luiz Eduardo Correia, Almeida Frisou que todos os profissionais devem ser valorizados igualmente.

 

“Os médicos estão em busca de um tratamento mais homogêneo e justo porque, de fato, há uma disparidade salarial entre as especialidades e isso, surpreendentemente, foi criado ao longo dos anos. Mas entendemos que os profissionais devem ser valorizados igualmente e faremos um levantamento das especialidades, desde o salário base as gratificações, para conhecermos com profundidade a situação e a partir disso tomar algumas decisões”, conta.

 

Na reunião, o secretário solicitou ao Sindimed a criação de uma comissão, abrangendo todas as especialidades, para que seja marcado o mais breve possível um novo encontro com a categoria. “Com a comissão e o mapeamento que faremos das informações, entenderemos ainda melhor a situação. Precisamos chegar a uma solução, junto com o sindicato da categoria e demais órgãos, se for preciso, para que haja equiparação salarial”, declara Almeida.

 

Visão igualitária

E o presidente do Sindimed, João Augusto, disse que ficou satisfeito com a visão igualitária que o secretário Almeida Lima tem em relação aos médicos. Para João, todos os médicos são importantes num hospital e as especialidades devem ser valorizadas da mesma maneira.

 

“O secretário viu que realmente existem diferenças salariais dentro da classe médica, o que é inaceitável. Não existe um médico mais importante do que outro. Todos têm o mesmo valor dentro do hospital. Almeida demonstrou ter uma visão igualitária e prometeu estudar a situação, levantar informações para que numa próxima reunião a gente chegue a um entendimento. É preciso colocar um fim a valorização de especialidades A ou B”, afirma.

Centro Administrativo

Após a reunião, o secretário Almeida Lima convidou os representantes do sindicato para conhecer as instalações do Centro Administrativo da Saúde. Depois de percorrer o novo espaço, o presidente do Sindimed reconheceu que houve uma melhoria administrativa na Saúde. “Os setores da Saúde eram desmembrados e vimos, com a centralização das unidades, uma melhoria administrativa. Não se compara a antiga realidade”, declara.