Acidentes e Doença de Trabalho encerram treinamento da  Cipa da MNSL

postado em: Destaque 2, Notícias | 0

Uma aula teórica sobre Acidentes e Doença do Trabalho, realizada nesta segunda-feira, 30, encerrou o treinamento da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL). A capacitação, que aconteceu entre os dias 22 a 30 de outubro. foi destinada a integrantes da Cipa e aplicada pelo Serviço  de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT).

 A semana de treinamento teve como objetivo conscientizar os funcionários e colaboradores da unidade sobre a importância da saúde e segurança no trabalho, além da prevenção de acidentes e doenças. O evento contou com palestras e discussões sobre diversos temas.

A palestra “ Acidentes e Doenças do Trabalho” foi  ministrada pelo Engenheiro de Segurança do Trabalho,  André Euzébio  Lima que, por meio de uma linguagem simples, deu uma aula esclarecedora para os funcionários, onde foram abordados conceitos, tipos de acidentes, doenças profissionais, doença do trabalho, causas e conseqüências e estatísticas de acidentes de trabalho, no Brasil e na MNSL. O palestrante explicou ainda sobre como preencher a Comunicação Interna de Acidente de Trabalho (CIAT) e a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) e os procedimentos pactuados para envio aos órgãos competentes.

Na oportunidade, o palestrante também explicou sobre doença profissional e doença do trabalho, informando que a doença profissional é produzida ou desencadeada pelo exercício do trabalho peculiar à determinada atividade e constante da relação elaborada pelo Ministério do Trabalho e Emprego e da Previdência Social. Citou como exemplo a intoxicação provocada pelo chumbo, adquirida por um soldador de placas de chumbo. Já a doença de trabalho é adquirida ou desencadeada em função de condições especiais em que o trabalho é realizado e com ele se relacione diretamente, como por exemplo, um soldador que trabalha em lugar ruidoso e  fica surdo. “Ambas são aplicadas aos casos de auxílio-acidente e aposentadoria por invalidez”, disse André Lima.

“A semana de Capacitação representa a primeira etapa do início da disseminação da prevenção de acidente do trabalho dentro de uma  empresa que é o treinamento da Cipa e eles são os disseminadores da área de prevenção, tanto de segurança quanto de saúde no trabalho”, disse André Lima.

‘O treinamento representou uma oportunidade dos profissionais estarem informados dos procedimentos numa situação de risco, o conteúdo da capacitação serve de referência para diversas práticas a serem exercidas pelos membros da Cipa’, disse a suplente da comissão, Nadicéia Sandes.

 “A Capacitação foi de fundamental importância para apresentar aos membros quis as principais atribuições e atividades a ser desenvolvidas durante a gestão. A partir de agora, iniciaremos os trabalhos objetivando, sempre, um ambiente laboral mais seguro para os nossos servidores”, disse o vice-presidente da CIPA, Samuel Feitosa.