Lourdinha registra 116 atendimentos no final de semana

postado em: Destaque 2, Notícias | 0

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), gerida pela Secretaria do Estado da Saúde (SES), pioneira no Estado em ofertar atendimentos especializados  a mães e bebês de alto risco,  assegurou 116  atendimentos às usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS), durante os dias 10, 11 e 12 de janeiro, sendo 49 internamentos, que resultaram em 45 partos e 67 pacientes que receberam altas  após avaliação ou foram liberadas para o pré-natal, é o que informou a gerente de Admissão, Adhara Shuamme Bento Fraga, nesta segunda-feira, 16.

Durante o período citado, três pacientes foram transferidas para maternidades com perfil de risco habitual.  Além disso, foi realizado um atendimento no Serviço de Atendimento a uma Vítima de Violência Sexual, sendo um do sexo masculino a maior de idade, informou Adhara Shuamme.

A gestante ao chegar a Unidade, é encaminhada para a recepção, onde requer a identificação, preenche a ficha e em seguida é atendida pela equipe de enfermagem. “Após esse atendimento ela é classificada como risco habitual, risco de baixa complexidade ou risco de alta complexidade caracterizada pelos sinais, sintomas, exames e pelas queixas principais’’, observou a gerente da admissão.

Já no Centro Cirúrgico da MNSL foram contabilizados 52 procedimentos. “Registramos 45 partos, quatro cirurgias em recém- nascido e três curetagens”, disse a  enfermeira do Centro Cirúrgico, Isabella Rezende Mendonça.

A MNSL conta com uma equipe multiprofissional e qualificada composta por médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e demais membros de apoio assistencial, que trabalham porta aberta durante 24h, de domingo a domingo. A Unidade fica localizada na Avenida Tancredo Neves, 5.700, é a referência para as vítimas de violência sexual, tanto na capital quanto no resto do estado. O telefone de contato para o Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual da MNSL é (79) 3225-8679.

Atualizado: