Maternidade Nossa Senhora de Lourdes contabiliza 1359 partos no primeiro trimestre de 2019

postado em: Destaque 2, Notícias | 0

Somente neste fim de semana, foram realizados 131 atendimentos, a maioria de baixa complexidade

O primeiro trimestre de 2019 tem sido bastante intenso para toda a rede estadual de Saúde, que por ser porta aberta, tem absorvido demandas de baixa e média complexidade. Na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), foram 131 atendimentos no fim de semana Desses, 63 correspondem a internamentos, 68 a atendimentos com altas e cinco transferências. No primeiro trimestre de 2019 (janeiro a março), foram registrados 1.359 partos, sendo 634 normais e 725 cesáreos. Em média, a unidade faz 217 partos normais por mês e 241 cesáreos.

A gerente de Admissão da MNSL, Adhara Shuamme Bento Fraga, ressalta que como todas as unidades inseridas no Sistema Único de Saúde (SUS), a MNSL, funciona no regime de porta aberta, prestando assistência a todos os pacientes de alto risco que dão entrada na instituição. Além dessas usuárias, a maternidade abre ainda portas para gestantes atendidas pelo SUS de outros estados, sendo uma de Rio Real (Bahia) e outra de Santos (São Paulo).

Um exemplo do bom atendimento da Maternidade a todos que nela chegam foi dado pela parturiente Gilmara Santos Brito, 29 anos, natural de Rio Real. Ela teve seu bebê na madrugada do sábado. “Vim para Unidade porque tenho pressão alta, aqui fui bem acolhida e me senti segura. Estou encantada com os profissionais desta instituição”, declarou.

A MNSL oferece também o Serviço de Atendimento a vítimas de violência Sexual de ambos os sexos e funciona por 24 horas, de domingo a domingo. “Tudo acontece através de uma rede integrada de assistência baseada nos direitos universais, de acordo com que preconiza a Organização das Nações Unidas. No local, o paciente é acompanhado por uma equipe multiprofissional, composta por psicólogos, psiquiatra, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, assistentes sociais e médicos, a unidade registrou um atendimento a uma vítima menor de idade de violência sexual durante o final de semana.

A Maternidade fica localizada na Avenida Tancredo Neves, nº 5.700. O telefone para contato é (79) 3222-8650

 Foto: Flávia Pacheco ASCOM SES

Atualizado há