Voluntários: Doação de sangue é um ato de amor ao próximo

postado em: Notícias, Sem Categoria | 0

Faltando apenas quatro dias para encerrar 2018, o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), recebe parceiros fidelizados ao serviço de doação de sangue. Integrante do projeto ‘Super  ação’, Lenison Oliveira dos Santos, deu o exemplo de solidariedade ao realizar sua última doação do ano. “Conheci o Hemose através do projeto e entendi como é importante a gente doar sangue e ajudar as pessoas  que precisam”, declarou.

A atitude do jovem que reside no município de Poço Verde foi acompanhada por outros voluntários que como ele doam sangue com regularidade. De acordo com Amanda Coelho, responsável pelo ‘Super ação’ a proposta do projeto é levar esperança e alegria para pessoas necessitadas. “Iniciamos com a arrecadação de alimentos e roupas. Depois um morador de Poço Verde, precisou de transfusão de sangue e vendo a necessidade dele ampliamos as ações para estimular a doação entre os participantes do nosso grupo”, contou.

Da primeira campanha realizada em 2016, o grupo segue incentivando novos voluntários a conhecer o serviço no hemocentro de Sergipe. “Queremos mobilizar o maior número possível de moradores do nosso município e região para essa causa que deve ser abraçada por todos. Temos que lembrar que a doação é um ato de amor ao próximo”, salientou Amanda.

As campanhas com a adesão de voluntários e dos grupos fidelizados para manutenção dos estoques de todos os grupos sanguíneos, O, A, B e Ab, fator Rh Positivo ou Negativo,  prosseguem até encerrar o ano e, depois, inicia uma nova agenda de campanhas em janeiro de 2019. O trabalho do serviço de Captação de Doadores tem como foco sensibilizar e conscientizar a população sobre a importância da doação regular de sangue, com intervalos de dois a três meses para os homens e de três a quatro meses, para as mulheres.

“Temos um calendário mensal de atividades que buscam justamente esse contato com o cidadão e os parceiros, seja através de grupos ou de instituições. Nossa missão na captação é multiplicar a importância do serviço e, assim, ampliar o número de pessoas que doam sangue.  Temos uma longa caminhada, mas seguiremos com esse desafio”, ressaltou a gestora do serviço, assistente social Josceline Souza.

Critérios para doação

Para ser um doador de sangue é preciso estar saudável, bem alimentado, ter mais de 50 quilos, ter entre 16 e 69 anos e apresentar um documento oficial com foto. Os menores de 18 anos precisam apresentar o termo de consentimento assinado pelos pais ou responsável legal. O documento está disponível para download no site: www.hemose.se.gov.br. Mais informações através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

Atualizado: