Saúde vacina servidores do Centro Administrativo contra gripe H1N1

postado em: Notícias, Slide | 0

Aconteceu no Centro Administrativo Gilvan Rocha durante toda esta terça-feira, 29, a imunização dos funcionários contra o H1N1, o vírus da gripe, dentro da Campanha Nacional de Vacinação, que tem como meta imunizar no Estado 460 mil pessoas. Em Sergipe, já foram aplicadas mais de 327 mil doses da vacina, cerca de 65% da população alvo, segundo  informou a enfermeira do Programa de Imunização, Ana Beatriz Lira.  No centro administrativo, os interessados poderão tomar a vacina de 8 h as 12 horas e de 14 h as 16 horas.

Ela explicou que todos os servidores do Centro Administrativo serão vacinados hoje, o que corresponde a cerca de 300 pessoas. “Estamos promovendo a vacinação do complexo. Para obter êxito, faremos a imunização em dois turnos (manhã e tarde).

A Campanha Nacional de Vacinação começou em abril e segue até o dia 15 de junho, como salientou a coordenadora do Núcleo de Imunizações, Sândala Teles. A mobilização seria encerrada no próximo dia 1º, mas o Ministério da Saúde decidiu prorrogar o prazo para dar mais tempo às pessoas de se imunizarem contra o vírus.

“É uma campanha longa e esperamos atingir os 90% da população. Até o momento estamos com 65% de pessoas vacinadas.  Até sexta-feira teremos uma nova parcial da cobertura vacinal no Estado de Sergipe”, ressaltou a enfermeira, lembrando que os grupos prioritários para vacinação incluem crianças, (6 meses a menores de 5 anos), gestantes, puérperas, profissionais da área de saúde, professores (seja da rede pública ou privada), idosos e os índios.

Influenza

A doença popularmente conhecida como gripe é combatida anualmente, através de uma forte campanha desenvolvida pelo governo Federal e acatada pelos estados da federação. A campanha anual teve início no último dia 23 de abril e segue até 1º de junho, no intuito de vacinar os grupos prioritários que incluem as crianças, (6 meses a menores de 5 anos), as gestantes, puérperas, profissionais da área de saúde, os professores (seja da rede pública ou privada), idosos e os índios.

Para a arquiteta da Coordenadoria de Infraestrutura, Ana Carla Andrade, existe a necessidade de se prevenir e a ideia de trazer a vacina até o servidor foi fantástica. “Isso proporciona a certeza que estamos sendo imunizados, é maravilhoso”, disse a arquiteta.

Para o Técnico em Edificações, Matheus Henrique Passos de Souza, foi uma ótima iniciativa. “Essa é a primeira vez que tomo a vacina da gripe, uma oportunidade única”, desabafou. A servidora Cíntia Cristina explicou que esse é o segundo ano que toma a vacina e ficou bastante satisfeita.

 

Atualizado: