Hemose: Palestra sobre doação de sangue proporciona informação e integração

postado em: Destaque 2, Notícias | 9
Na tarde da terça-feira, 30, estudantes do Colégio Estadual Professor Hamilton Alves Rocha, no conjunto Eduardo Gomes, em São Cristóvão, receberam orientações sobre a importância da doação de sangue durante uma palestra na unidade escolar.  A atividade realizada pela gerência de Captação de Doadores do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), unidade da Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH), que integra a Rede Estadual de Saúde, faz parte das ações destinadas à conscientização sobre se tornar um dador de sangue.
A palestra ministrada pelas assistentes sociais, Rozeli Dantas e Andrezza Ribeiro, abordou inicialmente os critérios para se tornar um doador com destaque para idade de 16 a 69 anos, peso acima de 50 quilos e estar em boas condições de saúde. “Esses são alguns dos requisitos básicos para poder doar, que visam garantir a segurança do doador e também do paciente que recebe o sangue”, frisou Dantas.
Em seguida, a assistente social explicou as etapas do ciclo do doador, realizadas nos serviços de cadastro, pré-triagem, triagem clinica e coleta. A profissional ressaltou ainda a importância do ato, como gesto humanitário, altruísta, necessário para salvar vidas de pacientes internados nos hospitais. Rozeli também salientou que o paciente renal, por ser anêmico, e o paciente que faz tratamento para combater câncer, faz uso frequente da transfusão sanguínea.
 “Por isso é importante este trabalho de conscientização realizado para todos os públicos, especialmente os jovens. A proposta é estimular a cultura de doação constante, ou seja, com o cumprimento de intervalo de três meses para os homens e de quatro meses, para as mulheres”, frisou a assistente social.
Para integrar os estudantes e verificar o grau de entendimento sobre o tema, eles participaram de uma dinâmica de grupo para diferenciar os mitos e verdades sobre a doação de sangue. “Esse momento busca verificar o que eles entenderam sobre critérios para doação de sangue e também desmistificar o serviço, pois tem muitas pessoas que não doam sangue por medo ou pelas lendas urbanas no imaginário das pessoas”, ressaltou Rozeli Dantas.
O diretor do colégio, professor Antônio Francisco dos Santos, disse que palestra é uma forma de prestar informações e de incentivar a adesão do público juvenil para a doação de sangue. “Acredito que esse envolvimento acaba proporcionando conhecimento. Eles ouvem falar sobre doação, mas a importância desse ato nobre só assim é reforçada na palestra. Esse momento também serviu para tirar duvidas”, destacou o gestor.
Agendamento
O Hemose disponibiliza para o público os serviços de, palestras, visitas técnicas,  agendamento de campanhas para doação de sangue e cadastro de medula óssea. Para saber como realizar as solicitações basta entrar em contato com o serviço de Captação de Doadores, através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

Atualizado: