Huse avança em tecnologia e aposta na impressão digital do Raio X

postado em: Destaque 3, Notícias | 0

Por Katiane Menezes

Tecnologia em impressão digital. O Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) sai na frente, mais uma vez, e disponibiliza duas novas impressoras digitais do Raio X (CR Drystar 5503 – DXM Multicassete) com três bandejas que imprimem três formatos de filmes simultâneos. O equipamento associa eficiência, redução de custos, identificação rápida e precisa de pacientes e películas, melhor fluxo de trabalho e qualidade do serviço, garantindo a satisfação do paciente e do profissional.

A diretora administrativa do Huse, Aline Bastos, ressalta a qualidade do diagnóstico e relembra o trabalho da impressora convencional.

“No aparelho tradicional, o profissional tinha que ir para uma câmera escura para ter uma imagem. Com essas novas impressoras, é possível armazenar os exames dos pacientes por um determinado período ou até mesmo reimprimir o raioX, sem precisar expor o paciente a uma nova radiação”, explica Aline.

Setores como ambulatório de retorno, pronto socorro, UTI, entre outros, serão beneficiados com os novos equipamentos. O gerente de equipamentos do Huse, Daniel Oliveira, afirma que o custo beneficio para o hospital será muito grande.

“Isso é uma grande evolução. O custo benefício será satisfatório com a redução de revelador, fixador, película e água. Só para se ter uma ideia, uma processadora manual consome em 4 minutos, cerca de 5 a 6 litros de água. Agora, não teremos mais. O médico pode laudar o documento nas quatro imagens, em uma só película, visualizadas no computador. Se médico disser se aquela imagem está boa, a película será impressa”, disse.

A técnica em radiologia Tânia Virgínia Cardoso participou do treinamento para manusear o equipamento e enfatizou os ganhos com a nova impressora.

“Ela é muito fácil. As imagens das películas saem mais nítidas, com mais profissionalismo para o médico que vai avaliar e laudar. A imagem é mais clara. Trabalhávamos com uma processadora que manuseava processos químicos e, agora, não precisaremos mais. Para a saúde dos funcionários do setor vai trazer um grande resultado. Estamos entusiasmados com a chegada desses novos equipamentos”, concluiu.

Atualizado: