SES adquire novos equipamentos hospitalares e mais de 350 aparelhos chegarão até o final desta semana

postado em: Notícias | 0

Com a economia que vem sendo feita pela atual gestão da Secretaria de Estado da Saúde (SES), a pasta tem investido na melhoria da Rede Estadual de Saúde para oferecer uma assistência de mais qualidade aos sergipanos. E a SES dá mais uma boa notícia para a população: até o final desta semana chegarão 378 equipamentos hospitalares que foram adquiridos pela secretaria, através de processo licitatório de locação, que serão distribuídos para as unidades da Rede, e principalmente para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

 

Entre os equipamentos estão: desfibriladores, eletrocardiógrafo portátil, incubadora, monitores multiparamétrico, ventilador pulmonar, ultrassom, raios-X fixo e móvel, berço aquecido, cardiotocógrafo, carros de anestesia e de emergência. Segundo o diretor operacional da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), Marcos Chou, a aquisição do grande volume de aparelhos, que são de suma importância para a assistência médica, é um fato inédito para a saúde de Sergipe.

 

“Essa medida da atual gestão da secretaria é uma das mais significativas porque nunca foi feito em Sergipe de uma vez só a inserção de tantos equipamentos na Rede Estadual de Saúde. Chegarão mais de 300 aparelhos e eles serão distribuídos para toda a Rede, com prioridade para o Huse, que é o maior hospital e é de alta complexidade. Mas todas as unidades serão beneficiadas e, com certeza, a assistência à população dará um grande avanço”, disse.

 

Marcos explica que a aquisição dos equipamentos foi feita por meio de processo licitatório emergencial, pois a SES identificou, após análise minuciosa, que a locação dos aparelhos trará mais economia para a Saúde. A empresa que ganhou a licitação e fornecerá os equipamentos hospitalares é da cidade de São Paulo.

 

 “A locação inclui instalação, treinamento e manutenção preventiva e corretiva dos aparelhos e identificamos que será mais vantajoso para os recursos da Saúde locá-los, ao invés de comprá-los. Estamos otimizando os recursos. Fizemos um processo emergencial para a fase de experiência da locação, mas já está em andamento outro processo licitatório”, explica.

 

Mais aparelhos

Como a Secretaria de Estado da Saúde está reestruturando algumas unidades, a exemplo da Maternidade Hildete Falcão, e planejando a construção de novas, como o Hospital Infantil, mais equipamentos serão locados gradativamente. “Ainda não vem o volume total de aparelhos porque a Secretaria está investindo em reforma e construção de novas unidades e, conforme a necessidade, mais equipamentos serão locados”.

Atualizado há

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.