Quase três mil pessoas são atendidas nos hospitais regionais no fim de semana

postado em: Destaque 2, Notícias | 0

O último final de semana foi bastante movimentado nos Hospitais Regionais da Rede Estadual de Saúde. Entre os dias 28 e 30 de julho aproximadamente 3 mil pessoas receberam atendimento médico ou passaram por procedimentos cirúrgicos. Só em Estância foram quase 900 atendimentos em três dias. Só na emergência 463 pessoas deram entrada na unidade.

 

Na clínica médica do hospital de Estância foram registrados 429 atendimentos. E mais uma vez a maioria das pessoas que procurou atendimento clínico na unidade poderia ter buscado as Unidades Básicas de Saúde por se tratar de casos de menor complexidade, ou seja, que não necessitam de uma assistência mais especializada como a que é oferecida no hospital.

 

Já no município de Propriá, 11 acidentes com moto foram os destaques no final de semana. Por conta desses acidentes, o Hospital Regional realizou quatro cirurgias ortopédicas. No total, a unidade atendeu a mais de 725 pessoas entre a sexta-feira e o domingo. Somente na clínica médica foram mais de 358 atendimentos, enquanto que a cirúrgica e a ortopédica realizaram respectivamente 55 e 80 atendimentos.

 

O hospital de Propriá que também atende pacientes do estado de Alagoas realizou também sete cirurgias eletivas, ou seja, aquelas que não são de caráter de urgência e se pode escolher a melhor data para a realização. De todos os pacientes atendidos, apenas 10 permaneceram internados para avaliação e acompanhamento médico. Na maternidade do hospital, foi registrado o nascimento de 10 crianças em três dias.

 

Em Nossa Senhora da Glória, no alto sertão sergipano, foram aproximadamente 400 pessoas em três dias. Em média, 75% desses atendimentos foram para a clínica médica. Já os procedimentos cirúrgicos foram realizados em 11 pessoas no último final de semana. De todos os pacientes atendidos na unidade, apenas 3 permaneceram internados. Já na obstetrícia do hospital 25 mulheres foram assistidas pela equipe médica. A maternidade realizou ainda cinco partos em três dias.

 

A maternidade Nossa Senhora de Lourdes em Aracaju é referência no estado por atender casos de gravidez de risco e bebês que nasceram com problemas graves de saúde. Somente neste final de semana a unidade atendeu 14 mulheres que deram entrada em trabalho de parto. Outras 28 mulheres também passaram pela maternidade com alguma complicação na gravidez. Todas foram atendidas, medicadas e liberadas após avaliação do médico. No domingo, a maternidade também atendeu a quatro casos de violência sexual. Em todas as situações, elas foram medicadas e acompanhadas pela equipe multidisciplinar da unidade.

Atualizado: