Hemose registra 519 doações para atendimento da Hemorrede

postado em: Notícias | 41

 

A ação individual de voluntários resultou em 728 cadastros com 519 doações de sangue efetivadas na terceira semana de julho. As iniciativas realizadas no Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), unidade da Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH) que integra a Rede Estadual de Saúde, contaram com o apoio de doadores, de reposição e regulares.

O sangue coletado no hemocentro de Sergipe atende a rede hospitalar do Estado, com ênfase para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), responsável pela assistência prestada a pacientes de média e alta complexidade. A enfermeira e gerente de Coleta do Hemose, Florita Aquino, explicou que a demanda transfusional é diária, por isso, é importante os voluntários, ficarem atentos para os intervalos entre as doações de sangue. O homem pode doar a cada três meses e a mulher, a cada quatro meses.

“Todos os dias o serviço dispensa sangue e hemocomponentes para os hospitais e maternidades conveniados ao hemocentro”, disse ao salientar que a parceria do doador individual e dos parceiros nas mobilizações para as campanhas em grupos ajuda a abastecer o estoque, e garantir o atendimento dos usuários, assistidos na Rede Estadual de Saúde.

De acordo ainda com a enfermeira, outro importante parceiro nesse processo de captação de doadores é a rede hospitalar. “Os profissionais que atuam na linha de frente com o atendimento aos pacientes é mais um importante aliado nessa busca pela fidelização de doadores de sangue. Eles podem contribuir sensibilizando os familiares e acompanhantes de pacientes que necessitam da transfusão sanguínea”, destacou Florita ao frisar. “A captação de doadores pode ser realizada por todos, especialmente, as equipe que atuam nos hospitais de grande porte”, ressaltou.

Segundo dados do Ministério da Saúde (MS), a hemorrede brasileira vivencia o crescimento de 84% do número de transplantes; de 619% nos procedimentos cirúrgicos e de 627% de atendimentos de urgência. Daí a necessidade de ampliar o número de coletas para atender a demanda dos pacientes.

Doação

O serviço de doação é regulamentado por legislação especifica que orienta, por exemplo, os critérios, dentre eles, é necessário esta bem de saúde, ter idade entre 16 a 69 anos, peso acima de 50 Kg. Menor de 18 anos precisa apresentar o termo de autorização dos pais ou responsável legal. No dia da doação o voluntário precisa portar documento de identidade original, com foto, válido em todo território nacional. Mais informações sobre o serviço, através dos telefones (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

Atualizado: